E-commerce – 5 dicas para você começar seu comercio virtual.

O isolamento social fez com que as pessoas mudassem sua forma de interação com o mundo e muitos hábitos estão sendo revistos, inclusive, a maneira de consumir do brasileiro. Neste novo cenário global, empresas de todos os portes estão a procura de alternativas para se manterem ativas e gerando receita. Dessa forma, as vendas online estão se mostrando uma maneira eficaz de se contornar a situação atual.

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), alguns e-commerces registraram aumento de 180% em suas vendas, principalmente os setores de alimento, bebida, beleza e saúde.

Se você chegou até aqui, muito provavelmente está estudando formas de migrar suas vendas para o ambiente virtual e continuar lucrando. Neste artigo, separamos 5 dicas para você começar seu comercio virtual, pontos importantes que você precisa considerar antes de começar o seu e-commerce.

O que é um e-commerce?

E-commerce refere-se às vendas feitas pela internet, mais especificamente, as que são realizadas por uma única empresa, seja um fabricante ou revendedor, por meio de uma plataforma virtual própria.

1 – Pondere bem onde os produtos serão vendidos

Você muito provavelmente conhece os hábitos dos seus clientes, assim, sabe qual plataforma é a mais indicada para intermediar as vendas. A forma mais simples é através das redes sociais, Instagram e Facebook, o mais indicado é que as negociações dos produtos aconteçam através de mensagens diretas com os interessados e não nos comentários das publicações. Outra alternativa são os marketplaces, plataformas especializadas em mediar a venda de produtos entre fornecedores e clientes, como exemplo temos Magazine Luiza, Americanas e Submarino. Essas duas opções são indicadas para empresas de pequeno e médio porte, isso porque possuem uma aplicação e manutenção mais simplificada. 

As vendas também podem ser feitas através de uma loja virtual em seu site, essa opção é indicada para empresas que já tem o próprio site e possuem os meios para contratar uma agência que possa estruturar sua loja ou mesmo criar um novo site somente para este fim. É uma abordagem que permite maior independência, pois permite que você tenha total controle sobre a sua marca. 

O importante aqui é pensar em qual abordagem favorece mais o nicho do seu produto e, ao mesmo tempo, qual é mais interessante para o seu consumidor final.

2 – Garanta a confiabilidade

Outro aspecto que deve ser levado em consideração neste tipo de mercado é a confiabilidade na hora do pagamento. Mesmo que nos últimos anos o consumidor brasileiro tenha adquirido mais confiança em compras online, é importante garantir que o consumidor confie no serviço que você está prestando. A primeira forma de assegurar o cliente é utilizando formas de pagamento seguras, como por exemplo Mercado Pago, PicPay, PagSeguro e outras opções. Algumas dessas empresas também oferecem selos de certificação de estabelecimento seguro para compra. Essas ferramentas permitiram que tanto o cliente final quanto a sua empresa estejam protegidos de eventuais fraudes.

Caso opte por utilizar um marketplace, é indicado usar mecanismos que transmitem confiança ao comprador. Por exemplo, disponibilize bastantes fotos do produto, para que ele possa ser visualizado inteiramente, também adicione uma descrição bem completa dos materiais que compõem o produto, suas funcionalidades e aspectos técnicos. Caso seja necessário e possível, coloque também um curto vídeo resumindo as características e exibindo o produto.

3 – Continue anunciando

Mais do que nunca as pessoas estão utilizando as redes sociais e ambientes virtuais, assim, não exite em continuar anunciando nessas plataformas. Para que você possa vender seus produtos, eles precisam ser vistos e a melhor forma de fazer seus produtos chegarem a novos compradores é através de impulsionamentos e anúncios pagos nas plataformas virtuais.

4 – Comunicação é a chave da coisa

Novamente pense no seu público e na forma que ele tem de se comunicar. Tendo isso em mente, desenvolva formas de melhor atendê-lo e de se comunicar com ele durante o processo de venda. Seu objetivo é ser transparente e claro ao realizar o atendimento, evitar ruídos de comunicação, ou seja, você deve ser capaz de transmitir as informações de forma precisa para que ele seja estimulado a fechar negócio. 

O canal de comunicação deve ser estabelecido de acordo com a sua demanda e com o perfil do seu público, algumas opções são o chat das redes sociais, o Whatsapp, o Telegram ou um chatbot no site. 

5 – Não relaxe na entrega e muito menos no pós-venda

É normal acreditar que uma vez realizada a compra, c’est fini (está acabado), mas não é bem assim. Essa é uma das etapas mais importantes, pois ela também é capaz de definir se a pessoa voltará a fazer negócio com você. Primeiro vamos falar da entrega, nessa parte seu trabalho é disponibilizar opções que sejam convenientes para as duas partes envolvidas, você e o cliente. Assim, ter alternativas diversas é o mais indicado. Por exemplo, ter a opção de enviar o produto pelos Correios, transportadora privada ou até fazer retirar na loja física permite que o cliente tenha um amplo leque e possa optar pelo que seja mais viável e conveniente para si. Em época de unboxing, nada como uma boa apresentação, por isso, uma boa dica é dar uma caprichada na embalagem e encantar o consumidor.

Agora vamos trazer nossa atenção para o pós-venda. Nesta última etapa entra em ação a sua capacidade de estabelecer uma comunicação ainda mais amigável com seu cliente. Como ele já fez negócio com você, as chances dele retornar são grandes, segundo a Hubspot, 93% dos consumidores tendem a voltar a fazer negócio com empresas que tenham sido bem atendidos. Sua missão é estabelecer um relacionamento ainda mais próximo com essa pessoa, de forma agradável, através de ferramentas de CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente). 

 

Por fim, podemos concluir que o e-commerce abriu um leque de oportunidade para que as empresas possam continuar funcionando durante a situação pela qual estamos passando e que, mais do que nunca, estar presente na internet é imprescindível. Ainda com dúvidas ou querendo marcar uma reunião? Entre em contato com a nossa equipe.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Fill out this field
Fill out this field
Please enter a valid email address.

Menu