Vamos otimizar os resultados digitais do seu negócio?

Solicitar Orçamento

Fale com a gente e entenda o que podemos fazer pela sua empresa. Nós te responderemos dentro de 1 dia útil.

Gostaria de receber nossos e-mails personalizados com estratégias e materiais sobre marketing digital?*

Como utilizar o Google ADS para gerar leads qualificados

Aprenda como funciona o Google ADS, use da maneira certa e leve a divulgação do seu produto diretamente para seus potenciais clientes.

Publicado em: 28 de June de 2021

Aprender a como utilizar o Google ADS para gerar leads é fundamental, embora o processo de aprovação de landing page seja criterioso. Portanto, há muitos casos em que a pessoa acha que basta criar um anúncio e já será aprovado.

O cenário real é diferente e pode acontecer até mesmo um banimento, principalmente se a pessoa tentar usar a ferramenta e não tiver uma boa landing page, por isso é necessário caprichar nesse quesito, antes de mais nada.

A proposta do texto é trazer uma didática maior para usar o Google ADS como um potencializador de geração de leads. Dessa forma, confira a seguir mais informações para entender como essa aumentar as chances de converter.

Como usar o Google ADS para gerar mais leads?

O Google ADS é uma ferramenta para publicidade on-line por meio de anúncios. Assim, é exibido em forma de links patrocinados quando uma busca é feita.

Os resultados são baseados em forma de palavras-chave usadas na pesquisa. Nesse cenário, a ferramenta é indicada para tráfego pago e aumenta as chances de converter leads.

O Google ADS funciona permitindo a criação de anúncios e veiculação deles. Quando alguém digita uma expressão, o anúncio aparece nesta pesquisa.

Entendido o que é e como funciona a ferramenta, é importante prosseguir. Sendo assim, veja abaixo os passos indicados para aumentar a sua taxa de conversão.

Defina das metas para as campanhas de geração de tráfego e de leads

Em primeiro lugar, convém explicar a relação entre tráfego e a geração de leads. Portanto, um lead é conseguido por meio do tráfego, não é mesmo!?

É importante que você aumente o tráfego, mas não de qualquer maneira. Há algumas dicas importantes e abaixo confira três para aproveitar a ferramenta:

  • Incentive os clientes a fazerem uma compra;
  • Gere leads por meio de uma página de inscrição, captando, assim, o contato;
  • Aumente o tráfego do seu site ou blog para melhorar a distribuição das informações.

Certamente, é o primeiro passo para criar uma campanha no Google ADS. Se você já segue essas dicas, prossiga e continue no caminho correto.

Onde exibir as campanhas?

O principal é combinar as campanhas e segmentá-las de acordo com a palavra-chave. Destaca-se o fato de poder ser feito na rede de pesquisa e na rede de display do Google, confira a seguir as vantagens de cada um:

  • Rede de pesquisa do Google: É a forma clássica e consiste em criar anúncios para serem exibidos nas páginas de resultados do Google. Selecione a palavra-chave e defina os lances, assim que a pessoa pesquisar pelas expressões que você definiu, o anúncio pode ser exibido.
  • Parceiros de pesquisa: É possível exibir os anúncios em outros sites de pesquisa além do Google e isso dá mais qualidade ao tráfego. Cada anúncio aparecerá ao lado dos resultados desses sites parceiros.
  • Rede de Display do Google: É indicada quando se há uma mensagem de publicidade. A segmentação contextual consiste em analisar as suas palavras-chave específicas e mostrar a mensagem aos clientes que busquem conteúdos relacionados ao seu produto/serviço.

O estudo sobre os três pontos citados acima são essenciais para o dia a dia. Afinal, é o que garante ter uma utilização plena do Google ADS.

Segmente o canal no Google ADS e capriche no formato de anúncio

A ferramenta possibilita selecionar os “canais” em que os anúncios vão aparecer. Pode ser segundo o seu público-alvo ou seguindo as diretrizes de branding.

O formato de anúncio é importante para as campanhas de geração de tráfego e também leads, como você sabe. Em outras palavras, desperte a atenção do público no seu produto/serviço e para isso use uma frase chamariz.

Outra estratégia interessante é utilizar o formato em rich media, pois auxilia a divulgar a sua mensagem de forma chamativa do que um texto mais simples.

Cuide da estratégia dos lances

A principal métrica da campanha é o aumento de retorno do investimento por intermédio de conversões ou mesmo do tráfego do site, certo!? Desse modo, o CPF deve ser utilizado nas campanhas por canal ou na segmentação contextual.

Avalie a eficiência da campanha no Google ADS

O processo de avaliação é importante e há uma ferramenta gratuita para isso. Trata-se do Acompanhamento de Conversões, disponível no Google ADS.

Assim que tiver acompanhando, configure outras métricas relevantes, como por exemplo: custo por conversão, taxa de conversão, conversão de palavras-chave e também as páginas de destino.

Facilite o funcionamento da ferramenta

O Google ADS é uma ferramenta importante, porém é essencial que você também contribua. O seu site deve funcionar bem, especialmente as landing pages, bem como você precisa mostrar no anúncio os benefícios do seu produto/serviço.

Como a GB Creative te auxilia com o Google ADS e com outros assuntos?

Agora que você entendeu a importância do Google ADS e descobriu como utilizar a ferramenta, conte com os serviços da GB Creative. A equipe tem todo o know-how para oferecer a melhor solução para o que você busca.

O processo de gestão é um desafio constante e o principal é contar com expertise para gerar mais leads. Em seguida, você pode trabalhar a conversão e converter cada vez mais, obtendo a lucratividade almejada.

A ferramenta RD Station CRM integra as plataformas e acompanha a sua jornada de compra dos clientes, traçando estratégias eficazes. Enfim, utilize o potencial do Google ADS e combine as ferramentas GB Creative.

Conteúdos relacionados…

Comportamento do consumidor x SEO

Comportamento do consumidor x SEO

Entender a relação entre o comportamento do consumidor em relação ao SEO é fundamental para que qualquer ação de...

Inbound e-commerce: o que é?

Inbound e-commerce: o que é?

Você já ouviu falar em inbound e-commerce? Mas, com certeza, sabe o que é inbound marketing. Podemos dizer então, que...

Você sabe o que é persona?

Você sabe o que é persona?

Você sabe o que é persona? E você saberia dizer qual a sua importância para o seu negócio? Muitas pessoas acabam...

0 Comments