As mudanças na gestão de marketing das empresas em meio ao covid-19

 

A pandemia é uma problemática real que estamos enfrentando juntos, mesmo que cada um de sua própria casa. Todas as pessoas ao redor do globo estão tentando contribuir para a melhora da situação da forma como podem, seja doando para instituições de saúde ou apenas permanecendo em casa para minimizar a disseminação da doença. Da mesma forma, grandes e pequenas empresas estão tomando atitudes para contribuir positivamente, além de promoverem seus serviços. Uma autopromoção consciente.

Grandes marcas, como Globosat, Amazon, Telecine, Netflix, Vivo e Claro, perceberam que poderiam utilizar seus serviços para ajudar seu público a passar por este cenário e ainda alcançar novos usuários, quando as coisas voltarem ao seu lugar. Neste texto traremos alguns exemplos de ações para que você e sua equipe possam ter insights e desenvolver soluções para os seus usuários.

Disponibilização, criação e reinvenção de serviços.

A palavra de ordem do momento é o isolamento social, para evitar que o vírus se espalhe rapidamente. Com mais tempo em casa, as pessoas precisam encontrar formas de se entreter sem precisar sair. Pensando nisso, alguns serviços de streaming, como Telecine e GloboPlay, disponibilizaram seus catálogos para uso de não-assinantes, nessa mesma lógica, empresas de TV por assinatura, como Vivo, Claro e Sky, abriram os sinais de diversos canais para aumentar as opções dos telespectadores.

Nesse mesmo sentido, a Amazon disponibilizou livros online em sua plataforma, diversificando ainda mais as opções de entretenimento. Também não podemos nos esquecer dos artistas, que estão realizando shows e participando de festivais sem sair de casa através do Instagram, reforçando assim seus produtos: as músicas e performances.

Alguns clientes da GB Creative também adotaram algumas práticas para aprimorar seus serviços e atender às novas necessidades de seus públicos. Um dos principais serviços do restaurante Banzai é o rodízio de comida japonesa, porém com as recomendações de quarentena ele se torna um pouco inviável. Para contornar o impasse, a solução encontrada foi oferecer o Rodízio in House através do delivery, permitindo que a pessoa escolha cerca de 52 peças tal qual estivesse no rodízio tradicional.

Outro cliente que também entrou nessa investida foi a Mobile Saúde, que oferece soluções para operadoras de planos de saúde, buscando otimizar o atendimento e facilitar a comunicação entre as mesmas e seus clientes. Para contribuir com a propagação de informação médica, a empresa tomou a decisão de liberar a função chat online gratuitamente até junho deste ano para auxiliar nas orientações sobre o Covid-19.

“Nosso objetivo é permitir que sua empresa consiga oferecer um canal direto via chat para esclarecimento de dúvidas e fornecimento de orientações – desde um checklist oficial de sintomas até indicação de horários e locais para atendimento com menor movimento, evitando o contágio de mais pessoas.”

A GB Creative, por sua vez, lançou a SnapWork, para apoiar as empresas no trabalho remoto, e que também está empenhada em oferecer assistência às instituições sem fins lucrativos, envolvidas em ações relacionadas ao COVID-19.

Mudanças na usabilidade da rede de distribuição de dados.

As medidas adotadas pelas empresas na gestão de marketing não só estão ajudando a população através de seus serviços e produtos, como também são formas de promover as suas marcas. Mas não se engane, nessas condições, tão fora do usual, também são necessárias ações para administrar algumas complicações que podem surgir eventualmente e que afetam a população.

Foi o que aconteceu, por exemplo, com os serviços de streaming citados anteriormente. Na Europa, a Amazon e a Netflix reduziram a qualidade das transmissões para minimizar o uso da internet dos usuários e, assim, garantir que o maior número de pessoas possível possa ter acesso aos conteúdos. Não tão distante, aqui no Brasil o GloboPlay anunciou que limitou a qualidade dos vídeos para 720p com o objetivo de diminuir o tráfego de dados, é também uma forma de evitar o colapso em sua rede de distribuição.

Esses planos de ação só foram possíveis graças a atitudes rápidas e bem pensadas em uma boa gestão de marketing, visando tanto contribuir para o bem-estar da população como um todo, quanto aproveitar a situação adversa como forma de agregar valor ao seu negócio. Vale lembrar também que as ferramentas digitais foram um elemento crucial para que essas empresas conseguissem alcançar seu alvo em tempos de isolamento social.

Leia mais: 4 pontos de análise na hora da interação com o cliente

Observe o cenário ao seu redor, se atente às necessidades que surgiram com a nova conjuntura e compare com o que a sua empresa pode oferecer.


A GB Creative está apta para auxiliar sua empresa a passar por esse momento pouco favorável, isso porque conta com mais de 15 anos de experiência no mercado de marketing e possui expertise certificada em administração de crises. Conte com a agente 😉

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu